Seguidores

"Quando se ama, não é preciso entender o que acontece lá fora,
porque tudo passa a acontecer dentro de nós"


Photobucket


27 de junho de 2010

Amantes incontroláveis e distantes



Quando nos deparamos
tentamos ser bons amigos
pra nada rolar
apenas papear
mas basta um toque
que nossos corpos se unem
é inexplicável
depois de tapinhas e brincadeiras
uma chama
lá estamos
sem local , sem horas, sem pensar
um ato praticamente irresponsável
nosso guia : apenas o instinto
suas mãos apressadas e trêmulas
despindo meu corpo
respiração ofegantes
seus lábios molhados, colam aos meus
Que saudade!
Quanto tempo...
Ainda quero que me tire do sério
e seja minha insanidade
somos totalmente loucos
amantes e amados.

Meu desejo!

Te vendo ali deitado tão calmo e sereno tive vontade de deitar ao teu lado...
Como sentindo o meu olhar distante, observando teu corpo nu,
sorriu suavemente abrindo os olhos a me fitar...
Como num sonho suave de amor fui andando lentamente em tua direção,
fitando teus olhos a me esperar...
Te vendo ali deitado tão perto e tão longe...
tive vontade de jogar-me nos teus braços.
Como que sentindo o meu desejo saltitante e me sentindo tão sua,
foi calmamente me abrindo te braços.
Como num sonho suave de amor,
fui me entregando aos desejos nos teus olhos,
fui me deixando abraçar pelo teu corpo..
E ali deitada em teu braços fui sentindo o calor dos teus lábios,
a doçura das tuas mãos, a firmeza do teu corpo...
E ali deitada ardendo em desejos, te amo calma e feroz,
tomando o teu corpo no meu, sentindo teu coração disparar querendo-me tua...
E ali deitada confundindo nossos corpos, te sinto por inteiro,
sem medo e sem pudor te aconchego suavemente
e em movimentos lentos e ritmados te levo a loucura e me deixo levar..
E ali deitada entre beijos e sorrisos, entre desejos e carinhos,
sou tua... e sentindo meu corpo desfalecer, me inunda de vida e amor...
Me faz sorrir e até chorar, me faz amar!

16 de junho de 2010

Acaso


Tudo começou em um acaso
Um belo dia ah! Que lindo dia
Te encontrei! Toquei-te, Dizia esta só
Foi então que te acompanhei
Em silêncio caminhamos
Segurei a sua mão
Percebi que num acaso
A sua mão deslizou
O silêncio quebrou
Quando as suas mãos
Com muita suavidade
O meu rosto segurou
Em um momento lentamente
Os seus lábios tocaram os meus
E foi assim em pensamento
Intensamente que viajei
Nem sei se agora estou triste
Ou se acaso sonhei
Só sei que você existe
Na minha vida na poesia.

Perdida



Perdida em mim busco em você respostas que não encontro...
Perdida assim, busco em você o que não há em mim...
Perdida em emoções, sentimentos, acontecimentos e ações...
Perdida assim, sofro, choro e não me consolo.


Perdida fixo meu olhar no teu semblante querendo respostas...
Perdida aperto tuas mãos na esperança de sentir segurança...
Perdida chego perto, quero carinho, só para me encontrar...
Perdida olho no espelho e não me vejo.


Perdida nas minhas ilusões e lembranças...
Perdida nas minhas expectativas e esperanças...
Perdida como se fosse uma criança...
Perdida...


Perdida percebo que as minhas respostas não estão em ti...
Perdida compreendo que busco em você o que está em mim...
Perdida entendo que o labirinto de sentimentos está em mim...
Perdida busco refletir, redefinir e reconstruir.

Procurei !

Nos caminhos da vida Procurei alegria mesmo sentindo tristezas
E quando mais precisava Encontrei você Procurei um bom papo
Procurei um amigo Procurei verdades
Encontrei sinceridade Encontrei alegria
De estar com você. Os dias passando...
A gente se conhecendo... Os gostos se identificando...
E nós nos aproximando... E nos querendo...
E da amizade que eu sentia... Aos poucos se nutria...
O amor por você.

Vai ser assim!


Um belo dia
você vai lembrar de mim
e vai se perguntar por onde eu ando
e com certeza nesse dia vai estar
em outros braços se enroscando.
No escuro do seu quarto
vai sentir o meu perfume
e também o meu calor
e comigo nesse instante até fará amor.
Não se dará conta que, de verdade,
jamais nos encontramos
e que fazer amor
esteve apenas nos nossos planos.
Então, envolvido nessa loucura,
acreditará que por um longo tempo
você foi meu e eu fui sua.
Logo verá o meu rosto refletido
no rosto dela que me servirá de moldura
e meu corpo suado
você sentirá ao seu colado
após termos nos amado.
Mas em certo momento a lua vai se despedir
e as minhas carícias o colocarão para dormir.
Certa hora você irá acordar
e com a realidade se encontrar.
Não fui eu quem esteve ali,
não o amei,
nem o coloquei para dormir.
Não foram os meus beijos que você provou,
também não foi o meu perfume que o inebriou.
Tudo foi a sua imaginação que criou
e o corpo dela,
inocentemente, com a sua ilusão colaborou.



Amante ou Amigo?


Você, minha luz...
Uma magia envolvente que somente me fascina.
Queria dizer tudo que sinto,
Mas tenho medo que nosso relacionamento
Morra em poucas palavras.
Por que protelar esse desejo para mais tarde?
Por que adiar esse sonho
Para um futuro que talvez não venha...
Estou evitando o inevitável...
Tento me conter, mas sou envolvido
Por uma onda de insegurança.
A verdade é que o coração ama
E não conhece certos mistérios.
Talvez o tempo passe e eu entenda melhor
Os segredos da vida
Ou estes mistérios da alma humana.
Nossa relação não é um sentimento primitivo, inútil, tolo...
Eu queria dizer... Tirar isto de mim... desabafar...
Mas não suportaria ver, nessa frase,
Nosso relacionamento ir para o espaço.
Talvez o "eu te amo" não caia no vazio...
Mas como poderei ter essa certeza?
Creio que o melhor é gritar ao vento
"Obrigado por você existir"
E basta!

 
Clique p/voltar
©2007 Por Templates e Acessorios