Seguidores

"Quando se ama, não é preciso entender o que acontece lá fora,
porque tudo passa a acontecer dentro de nós"


Photobucket


13 de agosto de 2009

Paixão...

Sinto uma louca paixão em meu peito,
que me escraviza e me deixa sem jeito.
Que faz meu corpo arder por inteiro
submisso a esse amor feiticeiro.

Olhar essa sua boca é um martírio
quando, atrevida, não posso beijá-la.
Sua pele macia, para mim, é um colírio
quando me permito sutilmente tocá-la.

É essa paixão alucinada me faz querer
sentir o seu abraço sempre a me envolver,
me apertando, bem forte, contra o peito,
não largando, jamais, de nenhum jeito.

Se o seu corpo nu fica descoberto,
vou chegando cada vez mais perto,
na tentativa, acanhada, de querer amar
e de você, igualmente desejar.

Encosto-me devagar, fingindo não querer,
sentindo em minha pele todo seu calor,
que no meu corpo ardente faz nascer
momentos de felicidade ou quase amor.

E entregando-me a você, meu amado,
deixo-me levar por essa paixão que escraviza,
que traz o êxtase tão sonhado
que todo amante idealiza.

0 comentários:

 
Clique p/voltar
©2007 Por Templates e Acessorios