Seguidores

"Quando se ama, não é preciso entender o que acontece lá fora,
porque tudo passa a acontecer dentro de nós"


Photobucket


16 de fevereiro de 2010

Espuma da Paixão



As ondas com espuma de paixão
Vinham deslizando aos meus pés
Fazendo-me relembrar o passado
Que um dia partiu com as marés

Enterrados na areia maciinha
Tocando-nos os dois quase nus
Promessas deu ser dela, ela minha
Uma noite sem lua cheia de luz

Promessas soltas em murmúrio
Entrelaçados dois corpos na areia
Eram os meus braços seu refúgio
Para mim a mais bela da aldeia

O mar encapelado como estava
O vento soprando em furacão
As ondas arrastando minha amada
Iam só deixando espuma de paixão

Último instante agarrei seus cabelos
Louco; agarrado à corda de salvação
Sentia a espuma e areia a fugir dos pés
E eu agarrando a vida dela com a mão

Partimos pelo mundo afora sem destino
Agarrados sempre à espuma da paixão
Depois de partir, bendizendo meu sino
Que me amarrou a tão bondoso coração

0 comentários:

 
Clique p/voltar
©2007 Por Templates e Acessorios