Seguidores

"Quando se ama, não é preciso entender o que acontece lá fora,
porque tudo passa a acontecer dentro de nós"


Photobucket


15 de janeiro de 2010

Suavemente...




Suavemente caio em ti...
Tropeço no teu corpo
E fico prostrada sobre o teu peito.
Sinto-me a afundar neste mar de desejo
Neste delírio infundado
Que faz vibrar todo o meu corpo.
Suavemente....
Afasto a tristeza que me queima o peito
Limpo as lágrimas que me moem a alma
E deixo-me conduzir...
Hipnotizada.. perdida...
Em teu ser...
Suavemente... olho-te nos olhos...
E tento chegar bem dentro de ti...
E vejo um mar imenso de paixão
Procuro sentir teu corpo
Quando não estás...
Sentir o sabor da tua pele...
E o delírio dos teus beijos...
Recordo-me dos momentos vividos
Das dores desfeitas,
Dos fantasmas esquecidos,
Que tu... meu querido
Aos poucos, vais afastando de mim...
E suavemente... sinto teus lábios de encontro aos meus
Com uma linda ternura
Que me derrete a alma
E faz-me esquecer quem sou.
Entro então,
Numa linda e mágica loucura
Que me tolda todos os sentidos
E embebeda todos os meus passos...
E então... suavemente... encosto-me a ti..
Procurando ouvir teu coração
Que bate ao mesmo compasso que o meu.
Sinto-me a viver uma bela história,
Algo inimaginável... quase inatingível...
Que me verga perante tamanho poder.
Meu coração brilha de expectativa
Quase me salta do peito
À tua, gloriosa, visão.
Sinto-me quebrar em teus braços
Minha mente apaga-se...
E à minha volta... apenas existes tu...
E suavemente.. sinto-me incendiar
Tudo em mim é fogo que queima...
É êxtase, é loucura, delírio...
Quero-te... Quero-te...
Meus pensamentos voam em tua direcção
E sinto-te dentro de mim...
Mesmo que não estejas.
E então... suavemente...
Deixo-me embarcar nesta viajem....
Onde os sonhos tomam forma
E as fantasias se realizam...
.... assim... Suavemente....

0 comentários:

 
Clique p/voltar
©2007 Por Templates e Acessorios